Notícias

LANÇAMENTO DOS LIVROS: MINERALAMAS e ENTRE O AZUL E A ROSA  – MUSEU CASA ALPHONSUS DE GUIMARAENS, Rua Direita, Centro, às 18h

A Aldrava Letras e Artes, em seu 16º ano de fundação, realizará a 5ª Semana de Arte Aldravista, na cidade de Mariana, no período de 13 a 15 de outubro. Serão realizados lançamentos de livros, solenidade de instalação da Academia Brasileira dos Autores Aldravianistas Infantojuvenil de Mariana (MG), palestras, homenagens e exposição.

4Um dos pontos altos da programação será o lançamento do livro ‘MINERALAMAS’, no Museu Casa Alphonsus de Guimaraens, às 18:00, quarta edição de aldravias de poetas de diversos estados brasileiros.

A criatividade que exala da coleção de aldravias tem início na polifonia de seu título: Mineralamas. Mais que o sentido literal do verbo minerar, extrair elemento mineral de mina ou nela trabalhar, está a amplitude semântica que se obtém quando esse minerar se funde com o substantivo lamas, plural. Não só extração de algo das lamas da barragem rompida, mas procura, apreciação, classificação, processamento de palavras preciosas por ventura perdidas nos rompimentos conceituais, morais, comportamentais, políticos dos sujeitos dessas sociedades extrativistas de sonhos e de esperanças. Nesse espírito de ampliações de horizontes conceituais, 53 poetas se lançaram a romper barragens semânticas para fazer correr no rio das desilusões contemporâneas os anseios de justiça, de respeito, de solidariedade e de reconquista de valores que possam restabelecer o convívio equilibrado entre o homem e os entes da natureza. A coleção representa a grandeza daqueles que lutam pela construção de relações sociais justas e respeitosas, oferecendo como resposta aos descasos e à ganância esse ramalhete de poesia com esperança de dias melhores. Já o livreto ‘ENTRE O AZUL E A ROSA’ traz a união de 50 aldravias de bolso dos poetas aldravistas da Primaz de Minas, Andreia Donadon Leal, Gabriel Bicalho, Hebe Rôla, J.B.Donadon-Leal e J.S.Ferreira, com pinturas da artista plástica aldravista, Deia Leal. Trabalho sinestésico unindo, cor e poesia, numa espécie de cruzamento de sensações em diversos estímulos.

1Mais que um livro de aldravias, o volume, segundo a organizadora da antologia, Andreia Donadon Leal, ‘é um congresso de escritores aldravianistas, pois todos se dispuseram a proclamar em versos o que a alma sentiu com o drama social, ambiental e político advindo do desastre com a barragem de rejeitos localizada em Mariana, MG, ocorrido em 05 de novembro de 2015. Não é intento da coleção ser mais um protesto; antes buscou-se encontrar sinais de alerta para a sociedade das vulnerabilidades do progresso que depende da exploração dos bens naturais. Isso foi feito pela poesia, repórter milenar dos feitos heroicos ou dos fracassos humanos. Mesmo para quem não crê na força da poesia como portadora e perpetuadora de informações sensíveis dos fazeres sociais, ela se faz respeitada, porque rompe as barreiras da factibilidade e desnuda as prerrogativas da livre expressão, o que lhe atribui credibilidade. O exercício da criatividade encontra guarida na poesia. Neste caso, a poesia sintética, criada na Primaz da poesia mineira, Mariana, amálgama do caminho, da via, com a possibilidade de abertura de portas, a aldrava, cuja resultante é a aldravia que, em seis palavras, constrói continente semântico de abrigo a múltiplas significações’.

2

A programação é gratuita e aberta para toda comunidade

Dia 13/10/2016 – 19:00. (Quinta-feira) – Lançamento do Livro do escritor Edir Meirelles (aldravias – Português/Romeno–com tradução de Carmen Bulzan): Palavra que Lavra. INSTALAÇÃO DA ABRAAI-MARIANA – Solenidade de Posse – Coordenadora da ABRAAI-MARIANA – Hebe Rôla – LOCAL: Auditório do ICHS/UFOP.

Outorga do Troféu Aldrava Letras e Artes aos cinco autores do livro – aldravias a cinco vozes – Edir Meirelles, Marcia Barroca, Juçara Valverde, Luiz Gondim e Messody Benoliel.

14/10/2016 – 18:00 (sexta-feira) – Lançamento do Livro 4 das ALDRAVIAS –

Local: Casa Museu Alphonsus de Guimaraens – Mariana

Exposição de Telaldravias

Declamação de aldravias – Alcides Ramos

Homenagem às personalidades: Guilherme de Sá Meneghin (Promotor), Ana Clara Oliveira (aluna da E.M. Paracatu de Baixo), Paula Alves (moradora de Bento Rodrigues)

15/10/2016 (sábado)- Palestra com o Dr. Luiz Roberto – “Cérebro e arte: seja qual arte for”  Horário: 16:00– PROFESSOR DA PUC-MG – Professor de Neuro-anatomia e Neurologia no curso de Fisioterapia.

17:00-Entrega da Premiação do 3º Concurso Internacional Literário da ALACIB. Lançamento da Revista ALDRAVA LETRAS E ARTES – com os textos vencedores (1º ao 3º lugar) do CONCURSO INTERNACIONAL DA ALACIB

LOCAL: Auditório do ICHS/UFOP – MARIANA-MG

AUTORES PARTICIPANTES – Alberto Paco, Alice Gervason Marco Fernandes, Amélia Luz, Angela Fonseca- MG, Andreia Donadon Leal, Anício Chaves, Ascensión Chanqués, Auxiliadora Lago, Cecy Barbosa Campos, Claydes Ricardo, Cyro Mascarenhas, Débora Novaes de Castro, Denise Izaguire Anzorena, Dilma Rocha Athayde, Elizabeth Iacomini, Elizabeth Rennó, Else Lopes, Ester Trindade, Fabrício Avelino, Gabriel Bicalho, Gilberto Madeira, Hebe Rôla, Heloísa Alves Martins, Ilda Maria Costa Brasil, Iraí Verdan, Isaura Alves Cordeiro, Izabel Eri Camargo, Jair Silva Araújo, João Gimenez, Joseani Adalemar Netto, J.B.Donadon-Leal, José Luiz Foureaux de Souza Júnior, J. S. Ferreira, Juçara Regina Valverde, Luiz Carlos Abritta, Luiz Fernando dos Santos (L.F.Santos), Luiz Poeta, Marcus Stoyanovith, Maria Beatriz Del Pelloso, Maria de Lourdes Schenini Rossi Machado, Maria Goretti de Freitas, Maria Lopes , Matusalém Dias de Moura, Messody Ramiro Benoliel, Miriam Stella Blonski, Nilze Monteiro (Batista), Pedro Pires Bessa, Regina Coeli Nunes, Suzana Maria Cruz Peixoto, Vilma Cunha Duarte, Viviane Felisberto, Zaíra Melillo Martins. Liciane Alvernaz e Ryan Martins.

3

Deixe uma resposta